ImgaddictImgaddict

Instagram Online Web Viewer

en

#fotografemassayo

Current medias about #fotografemassayo. Feel free to comment, like and share them

Advertisement

Advertisement

Advertisement

Check fotografemassayo's Instagram Vivian Oliveira @vivian.oliveirasilva_ é publicitária, nascida no Rio de Janeiro. Sempre teve a fotografia em sua vida, mas começou a se aprimorar e se dedicar mais em Abril deste ano (2017). Passeia por alguns ramos, mas a paixão é por fotografia de rua e documental. Participa da IV Exposição Perambular Fotográfico, sua primeira, junto com outros fotógrafos. Integrante do Coletivo Fotografe Massayó. #fotografia #cultura #photography #fotografemassayo 1634904374218315066_5931164668

Vivian Oliveira @vivian.oliveirasilva_ é publicitária, nascida no Rio de Janeiro. Sempre teve a fotografia em sua vida, mas começou a se aprimorar e se dedicar mais em Abril deste ano (2017). Passeia por alguns ramos, mas a paixão é por fotografia de rua e documental. Participa da IV Exposição Perambular Fotográfico, sua primeira, junto com outros fotógrafos. Integrante do Coletivo Fotografe Massayó. #fotografia #cultura #photography #fotografemassayo

Share 0 27
Check fotografemassayo's Instagram Thiago Sobral, Fotógrafo, nascido em 1982, estudou Arquitetura e Urbanismo no CESMAC-AL entre 2001 e 2005, onde iniciou os estudos com a fotografia.
Em 2014 se especializou em Fotografia de Arquitetura no SENAC-SP. 
É professor de fotografia na escola Criattiva, Fotógrafo de Arquitetura, Arte e Documental, e seu trabalho consiste na busca da identidade do ambiente urbano e toda sua relação ao local onde está inserido, seja em grandes e pequenas cidades. "O Que Teria Acontecido a Niemeyer?", sua primeira exposição individual, em 2016, busca exatamente esse significado entre a obra e seu entorno. Em Abril de 2016 participou da residência artística promovida pela Agência Magnum, a "Magnum Caravan Brazil"  em Ouro Preto-MG, com o fotógrafo de Taiwan, Chien-Chi Chang. 
Tem participado de diversas exposições coletivas pelo Brasil e algumas cidades da Europa como: Toulouse-FRA, Porto-POR, Madri-ESP e Paris-FRA, ministrado palestras e workshops sobre fotografia autoral, e dedicado seu tempo a trabalhos de fotografia documental, como os que retratam festas culturais e religiosas da América Latina. Estará presente no livro "ART BOOK" que conta com artistas dos cinco continentes, com lançamento previsto para o final de 2017, e ocorrerá em simultâneo com a Mostra Internacional “Art Meeting in Portugal” e depois apresentado na Espanha, França, Inglaterra e Itália. Integrante do Coletivo Fotografe Massayó.
#Maceió #Alagoas #fotografemassayo #cultura #fotografia 1629989861773630610_5931164668

Thiago Sobral, Fotógrafo, nascido em 1982, estudou Arquitetura e Urbanismo no CESMAC-AL entre 2001 e 2005, onde iniciou os estudos com a fotografia. Em 2014 se especializou em Fotografia de Arquitetura no SENAC-SP. É professor de fotografia na escola Criattiva, Fotógrafo de Arquitetura, Arte e Documental, e seu trabalho consiste na busca da identidade do ambiente urbano e toda sua relação ao local onde está inserido, seja em grandes e pequenas cidades. "O Que Teria Acontecido a Niemeyer?", sua primeira exposição individual, em 2016, busca exatamente esse significado entre a obra e seu entorno. Em Abril de 2016 participou da residência artística promovida pela Agência Magnum, a "Magnum Caravan Brazil" em Ouro Preto-MG, com o fotógrafo de Taiwan, Chien-Chi Chang. Tem participado de diversas exposições coletivas pelo Brasil e algumas cidades da Europa como: Toulouse-FRA, Porto-POR, Madri-ESP e Paris-FRA, ministrado palestras e workshops sobre fotografia autoral, e dedicado seu tempo a trabalhos de fotografia documental, como os que retratam festas culturais e religiosas da América Latina. Estará presente no livro "ART BOOK" que conta com artistas dos cinco continentes, com lançamento previsto para o final de 2017, e ocorrerá em simultâneo com a Mostra Internacional “Art Meeting in Portugal” e depois apresentado na Espanha, França, Inglaterra e Itália. Integrante do Coletivo Fotografe Massayó. #maceió #alagoas #fotografemassayo #cultura #fotografia

Share 1 22
Check fotografemassayo's Instagram “A Chave”, fotografia integrante da série documental “Paracatu de Baixo”, mostra um pouco do que aconteceu em Mariana/MG, quando uma barragem se rompeu, atingindo o distrito de Paracatu de Baixo, no dia 05 de Novembro de 2015. A sirene não tocou, então os moradores saíram de suas casas às pressas para que pudessem salvar suas vidas. Ficaram pra trás as histórias, pertences e algumas vidas dessas pessoas, infelizmente. A maior tragédia ambiental da história do Brasil, retratada pelas lentes de Jorge Vieira.
Jorge é alagoano, nascido em 1965. Passou por algumas áreas, sempre ligadas à arte, como desenho, cerâmica, bioconstruções com bambu e pirogravura, antes de praticar a fotografia de fato, em 2015. É fotógrafo de rua, documental e de pessoas. Já mostrou seus trabalhos em seis exposições individuais e sete coletivas. Algumas delas são “Rio Afogado”, “Hipátia de Alexandria e a Mulher das Alagoas” e “Pretas – a Beleza da Cor”, onde recebeu menção honrosa no 5º Salão de Fotografia da Fundação Pierre Chalita.
Participou da Expedição Olhares Fotografistas, percorrendo mais de 4.000 km entre o Recôncavo Baiano, Chapada Diamantina e Mariana.
Suas fotos têm recebido selos de qualidade no Brasil, Europa e Ásia. Um dos coordenadores da Agência Fragma, membro do grupo Perambular Fotográfico e do nosso Coletivo Fotografe Massayó. 
#Maceió #Alagoas #fotografemassayo #cultura #fotografia #photography 1628397007251075788_5931164668

“A Chave”, fotografia integrante da série documental “Paracatu de Baixo”, mostra um pouco do que aconteceu em Mariana/MG, quando uma barragem se rompeu, atingindo o distrito de Paracatu de Baixo, no dia 05 de Novembro de 2015. A sirene não tocou, então os moradores saíram de suas casas às pressas para que pudessem salvar suas vidas. Ficaram pra trás as histórias, pertences e algumas vidas dessas pessoas, infelizmente. A maior tragédia ambiental da história do Brasil, retratada pelas lentes de Jorge Vieira. Jorge é alagoano, nascido em 1965. Passou por algumas áreas, sempre ligadas à arte, como desenho, cerâmica, bioconstruções com bambu e pirogravura, antes de praticar a fotografia de fato, em 2015. É fotógrafo de rua, documental e de pessoas. Já mostrou seus trabalhos em seis exposições individuais e sete coletivas. Algumas delas são “Rio Afogado”, “Hipátia de Alexandria e a Mulher das Alagoas” e “Pretas – a Beleza da Cor”, onde recebeu menção honrosa no 5º Salão de Fotografia da Fundação Pierre Chalita. Participou da Expedição Olhares Fotografistas, percorrendo mais de 4.000 km entre o Recôncavo Baiano, Chapada Diamantina e Mariana. Suas fotos têm recebido selos de qualidade no Brasil, Europa e Ásia. Um dos coordenadores da Agência Fragma, membro do grupo Perambular Fotográfico e do nosso Coletivo Fotografe Massayó. #maceió #alagoas #fotografemassayo #cultura #fotografia #photography

Share 0 23
Load More